A NephroCare utiliza cookies no site para melhorar a experiência do utilizador e fornecer o melhor serviço possível. Ao continuar a navegar no site, irá concordar com a sua utilização. Para mais detalhes, consulte a nossa política de privacidade.

Notícias

Vacinação contra a COVID-19 no Brasil e a necessidade de reforçar as medidas de prevenção

A virada do ano veio acompanhada de uma grande esperança: a chegada da vacina. Enfim, o sonho de um imunizante contra a COVID-19 se tornou uma realidade no país. E, enquanto a campanha está na fase inicial, precisamos reforçar as medidas de prevenção, como aponta Dra. Cristiane Rosa, Consultora em Controle de Infecção Hospitalar e Segurança do Paciente da Fresenius.

Quais as expectativas quanto aos avanços do plano de vacinação?

 O Brasil tem a seu favor o vasto conhecimento na distribuição e no desenvolvimento de imunizantes, além de contarmos com um Programa Nacional de Imunizações premiado e reconhecido internacionalmente. Então, podemos aproveitar toda essa expertise para acelerar a produção, cumprindo todas as etapas de segurança, com a produção adaptada a este momento de pandemia.

Algo mudou em relação às medidas de prevenção?

Desde o início da pandemia, as ações preventivas contra a Sars-CoV-2 continuam as mesmas e são cada vez mais necessárias, dado o aumento do número de casos. O distanciamento social, o uso correto de máscaras e a higienização das mãos ainda são os métodos mais eficazes para se proteger da doença.

Estamos há quase um ano vivendo esta realidade. Como equilibrar saúde mental aos métodos de prevenção?

A pandemia mostrou que toda mudança de rotina é difícil, mas a adaptação é fundamental.  O ser humano é naturalmente criativo, então, nesta reta final, vamos usar essa característica a nosso favor para mantermos a saúde mental sem quebrar as regras de prevenção. Continue praticando a consciência e a empatia. Falta pouco.