A NephroCare utiliza cookies no site para melhorar a experiência do utilizador e fornecer o melhor serviço possível. Ao continuar a navegar no site, irá concordar com a sua utilização. Para mais detalhes, consulte a nossa política de privacidade.

Notícias

Tipos de Diabetes Mellitus: a doença que se manifesta de três formas diferentes

Segundo a Confederação Internacional de Diabetes, o diabetes mellitus afeta 425 milhões de adultos no mundo. Somente no Brasil, são 12 milhões. A doença ocorre quando há deficiência na produção ou no aproveitamento da insulina, que é o hormônio que permite a metabolização da glicose. O diabetes pode se manifestar de três diferentes formas: tipo 1, tipo 2 e gestacional.

Segundo a Confederação Internacional de Diabetes, o diabetes mellitus afeta 425 milhões de adultos no mundo. Somente no Brasil, são 12 milhões. A doença ocorre quando há deficiência na produção ou no aproveitamento da insulina, que é o hormônio que permite a metabolização da glicose. O diabetes pode se manifestar de três diferentes formas: tipo 1, tipo 2 e gestacional.

 Diabetes tipo 1

Ocorre principalmente em crianças e adolescentes. É causado por falta ou pouca produção de insulina pelo pâncreas. Ou seja, é insulinodependente, necessitando da aplicação de doses diárias de insulina.

Diabetes tipo 2

Cerca de 10 vezes mais frequente que o tipo 1, ocorre normalmente em adultos acima de 40 anos. É causado pela resistência das células do organismo em aproveitar a insulina.

Diabetes gestacional

Causado também por resistência orgânica à insulina. Geralmente, se inicia em torno do sexto mês de gestação e está normalmente associado à obesidade da mãe. Ocorre apenas durante a gestação, mas é um fator de risco para que a mãe desenvolva no futuro o diabetes tipo 2. O controle rígido da glicemia nestas gestantes é fundamental.

Sintomas:

O aumento do volume urinário, sede com a ingestão de muito líquido e a perda de peso são os principais sintomas do diabetes tipo 1. O não tratamento da doença pode levar ao desenvolvimento da cetoacidose diabética, que evolui para o coma. Já no diabetes tipo 2 e no gestacional, a sede, urinar com frequência e visão turva são os sintomas mais comuns. Importante ressaltar que qualquer tipo de diabetes mellitus pode evoluir silenciosamente nas suas fases iniciais.

Medicina natural – plantas e ervas podem minimizar o efeito da doença?

Um dos assuntos mais procurados na internet sobre diabetes é relacionado com medicina natural. A farinha da casca do maracujá, chá de feno-grego ou de bardana e o extrato de alho são alimentos de baixo valor calórico e ingeri-los pode complementar a alimentação da pessoa diabética, ajudando-a a perder peso, sem comprometer o seu controle da glicemia. Entretanto, ainda não existem estudos científicos que ratifiquem efeitos destes alimentos naturais. Converse sempre com o seu médico. Ele é a pessoa mais indicada para tirar suas dúvidas.

Marcos Sandro Fernandes é Gerente médico da Fresenius Medical Care.