A NephroCare utiliza cookies no site para melhorar a experiência do utilizador e fornecer o melhor serviço possível. Ao continuar a navegar no site, irá concordar com a sua utilização. Para mais detalhes, consulte a nossa política de privacidade.

Noções básicas sobre os rins

Qual a função dos rins?

Seus dois rins trabalham mais do que você imagina. Os rins removem o excesso de água e resíduos do organismo durante 24 horas por dia. A água e os resíduos em excesso são removidos do organismo por meio da urina.

Além deste trabalho de "remoção" ou "limpeza", os rins têm outras funções muito importantes:

- Regulam a concentração de eletrólitos, tais como o potássio e o sódio (sal) no seu organismo;

- Os rins produzem hormônios para controlar a pressão arterial, produzir glóbulos vermelhos e manter os ossos fortes.

O que acontece quando os rins deixam de funcionar?

Quando os rins começam a parar, vão deixando de realizar todas as suas importantes funções. Água e resíduos em excesso acumulam-se no sangue, num processo chamado de uremia. Devido a esse acúmulo e a diminuição da produção de alguns hormônios, a pessoa começa a se sentir doente. Existem hoje diferentes opções de terapias de substituição renal disponíveis para assegurar as funções que os seus rins anteriormente desempenhavam.

Doença renal: quem tem maior risco para desenvolver?

São vários os fatores que podem aumentar a probabilidade de desenvolver a doença renal crônica, tais como:

- Diabetes mellitus,

- Antecedentes familiares de doença renal,

- Pressão arterial elevada,

- Idade acima dos 50 anos, e

- Obesidade.

É muito importante fazer o diagnóstico precoce da doença renal crônica. Por isso, qualquer pessoa deve sempre perguntar ao seu médico como está a função dos seus rins, que pode ser avaliada com a simples dosagem da creatinina no sangue.

Sintomas

Quando os rins começam a falhar, ocorre um acúmulo de água e de resíduos no sangue e surgem outros problemas e sintomas adicionais, como:

- Inchaço nas mãos, rosto e pernas;

- Cansaço;

- Perda de apetite;

- Náuseas e vômitos;

- Diminuição da quantidade de urina;

- Falta de ar; e

- Pressão arterial elevada.

Tópicos relacionados

Opções de tratamento

Durante os estágios iniciais da insuficiência renal, seu médico vai tentar retardar a progressão da doença por meio de tratamentos conservadores, tais como a adoção de um estilo de vida saudável, alimentação adequada e medicamentos.