A NephroCare utiliza cookies no site para melhorar a experiência do utilizador e fornecer o melhor serviço possível. Ao continuar a navegar no site, irá concordar com a sua utilização. Para mais detalhes, consulte a nossa política de privacidade.

Cuidados com o acesso

Verifique o acesso vascular

Uma vez que o acesso vascular desempenha um papel fundamental no tratamento de diálise, é muito importante mantê-lo em boas condições. Seu acesso precisa ser verificado todos os dias! Essa avaliação deve ser feita regularmente por um exame físico que requer observação, apalpação e auscultação na procura de sinais e sintomas.

Ao olhar para o braço com fístula, esteja alerta para quaisquer sinais de vermelhidão ou inchaço que possam surgir.

Uma forma de verificar se existe um bom fluxo de sangue pela fístula é usar um estetoscópio para ouvir um som chamado "sopro". Você pode pedir à equipe da sua clínica Fresenius Medical Care que lhe mostre como fazer isso.

A forma mais fácil é colocar a mão sobre o acesso. Você vai sentir uma sensação de tremor/vibração. Verifique se existe infecção ou alterações na temperatura.

 

Por favor, siga algumas regras simples de forma a minimizar o risco de infecção ou trombose, que são os perigos mais comuns para seu acesso vascular.

Deixe o sangue fluir livremente

Evite qualquer tipo de pressão sobre o membro do acesso vascular, pois isso pode levar à trombose, especialmente com a pressão arterial baixa. Você deverá evitar o seguinte:

  • Usar roupas apertadas e objetos como relógios ou pulseiras que possam causar a compressão da fístula;
  • Deitar-se sobre o membro do acesso;
  • Carregar pesos ou fazer outros esforços;
  • Medir a pressão arterial no membro do acesso;
  • Permitir coletas de sangue para análise no membro do acesso vascular;
  • Expor-se, em excesso, ao calor.

Se sentir qualquer sintoma, como vermelhidão, inchaço, dor, aumento da temperatura ou diminuição do frêmito na zona da fístula, por favor contate imediatamente o seu médico ou a sua equipe de diálise.

Cuidados com o acesso

Tão importante quanto o tratamento de hemodiálise é a higiene do acesso vascular. Os cuidados de higiene com o seu membro do acesso arteriovenoso são fundamentais para prevenir infecções.

  • Lave o braço do acesso com água e sabão antes de entrar para a sala de diálise;
  • Retire os curativos cerca de 8 horas após terminar o tratamento;
  • Apalpe o acesso vascular pelo menos duas vezes por dia para sentir o frêmito (tremor/vibração) que indica a passagem do sangue;
  • Verifique se existe dor local e observe se existe edema (inchaço no membro do acesso vascular), infecção (presença de líquido amarelado) ou alterações na consistência (endurecimento), na temperatura (aumento de calor) ou na cor da pele (vermelhidão).

Proteja o seu acesso contra lesões

  • Evite as atividades que possam causar ferimentos no membro onde está o acesso vascular. Não levante objetos pesados, malas e caixotes. Se for às compras, leve um carrinho em vez de uma sacola e não use o membro do acesso para carregar os sacos pesados do supermercado na volta para casa.
  • Pratique esportes que não coloquem em risco o seu acesso, como correr e andar de bicicleta.

Tenha cuidado com a temperatura

As temperaturas muito altas ou baixas também podem ter efeitos adversos sobre o acesso e levar à trombose. É recomendável não se expor:

  • Ao calor excessivo – como sauna ou sol forte –, uma vez que induz à dilatação dos vasos, reduz a pressão arterial e o fluxo sanguíneo. Se sair de casa num dia muito quente, tente ficar à sombra;
  • Ao frio excessivo, que induz à contração dos vasos e, com isso, à diminuição do fluxo sanguíneo nos membros, especialmente no membro do acesso. Em dias muito frios, lembre-se de usar roupas mais quentes para sair de casa.