A NephroCare utiliza cookies no site para melhorar a experiência do utilizador e fornecer o melhor serviço possível. Ao continuar a navegar no site, irá concordar com a sua utilização. Para mais detalhes, consulte a nossa política de privacidade.

Cuidados com o acesso na unidade de diálise

Na unidade de diálise, os profissionais especializados vão cuidar de você e aconselhá-lo sobre tudo o que esteja relacionado com seu tratamento, sobretudo com os cuidados necessários com o acesso vascular. Eis alguns conselhos e alguns aspectos em que você pode ter um papel ativo:

Antes do tratamento

  • Lave sempre o braço do acesso antes do tratamento;

  • Se lhe for recomendada uma pomada ou uma fita anestésica, por favor, primeiro lave o membro, aplique a pomada ou a fita, em seguida retire-a e lave novamente antes da punção;
  • A enfermeira faz sempre a desinfecção da pele antes de inserir a agulha.

A punção e o tempo de tratamento

Seja receptivo a todas as informações sobre a técnica de punção. Existem duas técnicas principais que permitem a máxima proteção do seu acesso:

1. Técnica de escada

Nesta técnica, para cada tratamento é selecionado um novo local de punção, deixando um espaço de aproximadamente 2 cm em relação ao anterior. Normalmente, a enfermeira começa a punção na parte inferior do acesso até o topo ser alcançado e, em seguida, inicia novamente na parte inferior. Toda a linha vascular é usada. Se esta técnica for utilizada no seu caso, os locais de punção não serão perfurados novamente enquanto ainda estiverem cicatrizando, isto para evitar que surjam pontos fracos em seu acesso vascular.

2. Buttonhole

Método pelo qual se punciona uma FAV exatamente no mesmo local, com o mesmo ângulo e a mesma profundidade de penetração todas as vezes. Pelo processo de cicatrização, desenvolve-se um túnel subcutâneo para o acesso vascular, permitindo o uso de agulhas de pontas rombas para aspiração e devolução do sangue. Um bom candidato à punção de botoeira é um paciente que realize hemodiálise diária ou que faça autopunção.

Durante o tratamento

  • Mantenha o braço imobilizado e relaxado.

  • Lembre-se sempre de não cobrir o braço de acesso com roupa ou cobertores, para os enfermeiros poderem verificar o seu membro durante o tratamento.

  • Se estiver interessado em ser mais ativo no processo de punção, por favor discuta isso com sua equipe cuidadora!

 

Após o tratamento

No final do tratamento, as agulhas são removidas. Você vai precisar manter os curativos nos locais das punções até que os sangramentos parem – este processo chama-se hemostasia. Manter o local e compressão de formas corretas vai encurtar o tempo de hemorragia, evitar danos no acesso e encurtar o tempo de permanência na clínica.

Siga as seguintes orientações:

  • Segure o curativo no local da punção e permaneça na cadeira indicada durante alguns minutos, conforme pedido da equipe de assistência;
  • Antes de sair da sala de diálise, você terá sua pressão arterial verificada, mais uma vez, pela equipe de enfermagem;
  • Não tenha pressa em se levantar, porque sua circulação poderá estar mais fraca;
  • Mova-se com cuidado;
  • Você passará pela pesagem final, podendo sair da sala logo que se sinta bem e o enfermeiro tenha registrado novamente seu peso;
  • Espere pelo acompanhante ou transporte que vai levar você até em casa;
  • Retire o curativo cerca de oito horas após terminar o tratamento.